Seguidores

Bem Vindo ao Meu Cantinho, Volte Sempre!

Translate my blog into:

visualizações de página

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Kate Middleton e príncipe William... E daí?


Você já reparou como somos bombardeados por informações inúteis o tempo todo? Eu ligo a TV ou abro meu MSN e ouço e vejo cada coisa que beiro a indignação...
A cada 10 notícias 5 são sobre o casamento real, 3 são sobre quem namora quem, quem separou de quem.. E daí? Será saber antecipadamente qual será o vestido de alguém vai me tornar uma pessoa melhor? Será que assistir ou saber os detalhes do casamento de uma pessoa que nunca verei na vida me trará algo bom? Em meio a essas tantas noticias quem vem a mim sem que eu procure saber delas, ouvi que o mundo está mais interessado no casamento do príncipe do que os próprios ingleses. Eu não sou parte do movimento antimonárquico, mas não sei como um país europeu tão evoluído sustenta esse modelo arcaico de governo, fico estarrecida só de pensar quão grandes devem ser os rombos nos cofres britânicos só para sustentar os caprichos da realeza. Eu sei que o presidencialismo tem lá suas roubalheiras também, mas acredito que nem cheguem perto dos gastos que a rainha que tem com seu “jardim florido” ou suas “jóias” reais...
Pronto falei! Não sou contra a divulgação de informações, mas sim a maneira que elas são dadas. Não bastava dizer que iriam se casar e ponto?

Para mim tudo não passa de um teatro para fortalecer o “glamour" da monarquia e casando-a novamente com seus súditos através da fabricação de  uma nova plebéia adorada..
  
 Ai eu te pergunto.. Onde está o jornalismo sério deste país?  é tão chato ter de escolher entre a rede “manipulador ”  ou a “ sensacionalista ”  para obter informações ...

17 comentários:

  1. Também acho que toda essa atenção sendo colocada sobre o casamento real é algo totalmente dispensável.
    Os olhos do mundo estão focados nos vestidos que a Kate irá usar, etc.

    Eu acho que o interesse do mundo deveria estar no Japão, onde milhares de pessoas ainda sofrem os efeitos do terremoto e do tsunami, além do vazamento nuclear na usina.
    Ou mesmo sobre os familiares das vítimas da tragédia da escola de Realengo.

    Pelo menos esses países que ainda mantém uma monarquia de fachada são parlamentaristas, ou seja, tem um 1º ministro gerindo o país, etc.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  2. Uma monarquia de fachada é algo bem caro você não acha?
    isso que me deixa pesantiva..

    ResponderExcluir
  3. Estava falando sobre isso outro dia no cursinho e no twitter. Onde moro, no litoral de SP, tem um jornal chamado "A tribuna". Quando ocorreu aquele massacre no RJ, eles fizeram uma manchete com o nome "12 alunos não irão mais responder presente na chamada", algo assim. É aí que percebemos como o Jornalismo do Brasil somente está se importando com vendas.
    No cursinho, o professor estava comentando sobre como isso influencia lá fora. Primeiro, os jornais brasileiros só falam de coisas ruins do país. Quando um editor de um jornal internacional abre um site de noticias daqui, ele somente vê noticias ruins, e isso afasta - e muito - turistas. A mídia tem o poder de fazer do país algo melhor, pelo menos mostrar como o Brasil é bonito, porque é.
    http://prontaparacrescer.co.cc

    ResponderExcluir
  4. O casamento é um acontecimento, entretanto isso não pode desviar a atenção de outros acontecimentos pelo mundo...
    Enquanto a mídia pensa no vestido e no buffet desgraças acontecem sem que tenha devido destaque e politicagens acabam passando desapercebidas.

    Triste essa realidade! As pessoas estão se deslumbrando com muito pouco, com banalidades.

    ResponderExcluir
  5. Concordoooo, sem tirar nem por !!!
    Não aguento mais tanto blá blá blá...fico imaginando amanhã que é o dia do casório!!!Vou assistir filme o dia todo...rs
    Bjooo

    ResponderExcluir
  6. A veerdade é que nos enchem de coisas absolutamente sem importância. Se passarmos 1 mês sem ver esses noticiários perceberemos que de nada mudou em nossas vidas ¬¬

    O pior que a população esta tão acostumada, que canais de jornalismo serio e matérias serias não tem audiência, já um de fofoca sobres famosos relâmpagos bate o recorde.

    Concordo com você.

    Beeijos

    ResponderExcluir
  7. Lindas palavras. Já era pra eu ter questionado isso; mas como eu não assisto televisão é complicado saber o que a mídia sensacionaliza. Acompanho as notícias no caminho do trabalho (caminho curto, mas demorado. Transito horrível!) pela CBN. Quando eles começam a repetir muito algo por lá, é sinal de que o povo já está cansado de ver pela TV. lol...

    Bom... nosso jornalismo ainda tem o péssimo hábito de sugar uma notícia até o fim. Se algo interessa aos desocupados (acredite em mim, é a maioria), a tv repete milhares de vezes. Deveriam gastar o tempo deles divulgando os feitos e defeitos políticos para reduzir a inflação sem agredir ao brasileiro. Parece que toda atitude que eles tomam lá, reflete em algo negativo para nós. Prefiro demorar mais um pouco para morar em um país desenvolvido do que ser sacrificado com altas taxas sobre os produtos.

    Pronto, falei. Não sou expert! Então, aceito críticas, eu as usarei como material de pesquisa. lol...

    Muito obrigado pelas visitas.
    Volte sempre.

    Ahhhh... faz um banner do seu blog para eu colocar lá no meu. É só fazer uma figura bacana com o nome do blog.

    Um abração

    Felipe Guasti
    http://consumante.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Bem falado. rs. Puro sensacionalismo, como tudo hoje em dia. Reclamamos tanto do nosso sistema de governo que também gastam com seus caprichos, mas o Europeu escancara... quem são eles? rs.
    É mais ou menos assim: "olha só! eu sou um príncipe, esta é a minha princesa, estamos no mundo todo... todos querem ser como a gente". Pelo menos é o assunto do momento. Teremos mais livros, filmes, falando de "princesas"... e esquecem de citar que são pessoas imperfeitas como a gente.
    Um beijo e até mais!

    Fernanda
    http://www.fernandartista.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. a partir de hoje te perceguindo tbm =]
    muito obrigado pelo teu carinho la no meu pequeno espaço espero que sejamos ótimas amigas !

    ´realmente as pessoas hoje em dia tem se preocupado com coisas tão futeis!

    ResponderExcluir
  10. Concordo com tudo o que você disse, ta certissima ! Muito bom seu blog *-*
    beijos de uma seguidora fã !
    www.clauevini.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. é isso ai, concordo plena mente
    to nem ai pro casamento dos dois!!!!
    hahahaahahah

    ResponderExcluir
  12. Nem me fale desse casamento! Acordei de manhã e quando liguei a TV... Lá estavam os pombinhos se casando! O pior era a narração da questão toda pelos jornalistas Globais! O joarnalismo é muito sensacionalista, mas sensacionalismo em casamento? Ah, vá! Bom Blog! Sucesso! Visita o meu Blog aí: http://pireloko.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  13. Também quero saber o porque de tanta atenção para esse casamento...Enfim a mídia alienou a maioria das pessoas de tal forma que muita gente só saiu para trabalhar após o casamento --' lamentável..

    ResponderExcluir
  14. Também não dei a minima pra esse casamento.
    Acho pura perda de tempo, devemos retomar as nossas atenções e preocupações para o que aconteceu no japão e tals, não a essas coisas 'banais'.

    Meu casamento não vai ser real, vai ser de mentirinha hahaha.

    Abraços
    Reh Santos

    Se puder retribuir,
    http://redesenhei.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. A antiga e sempre presente ''Política do Pão e Circo''

    ResponderExcluir
  16. concordo, a imprensa marrom faz questão de divulgar algo e dar uma cobertura desnecessária apenas porque tem demanda de público.
    Infelizmente, revistas de fofocas sobre celebridades esgotam nas bancas de jornal enquanto periódicos sobre ciência ou política por diversas vezes ficam encalhados.
    Eu estudo jornalismo e abomino este caráter de glamour que a imprensa insiste em estampar como manchete.

    ResponderExcluir